Assim era a Rússia de há 100 anos

A Rússia pré-revolução de 1917

Há mais de 100 anos, o soviético Sergey Prokudin-Gorsky percorreu a Rússia de comboio com uma câmara escura móvel para tirar fotografias do país, a pedido do czar Nicolau II. Este período decorreu entre 1909 e 1915 e, 100 anos depois de o projecto estar concluído, a Colecção Prokudin-Gorsky relembrou algumas destas fotos, como forma de celebrar esta viagem histórica.

Munido de um acesso a todas as áreas do país, Prokudin-Gorsky retratou a vida dos cidadãos soviéticos daquela era. Não se sabe ao certo que aparelho Prokudin-Gorsky utilizou ou qual a sua aparência porque, ironicamente, os desenhos ou imagens não sobreviveram, mas esta poderia ter três lentes em cima de uma outra. Os três filtros eram de tinta vermelha, verde e azul e as imagens capturadas num longo prato de vidro.

Se é verdade que a fotografia evoluiu hoje para um futuro inimaginável para o fotógrafo oficial do czar, não é menos verdadeiro que as fotos de então, tal como as vemos hoje, tinham uma qualidade excepcional para a época.

Nascido em Murom em 1863, Prokudin-Gorsky foi educado como químico e estudo com alguns dos mais importantes cientistas de São Petersburgo, Berlim e Paris. Cresceu com a paixão pela fotografia e desenvolveu uma técnica pessoal de produção de imagens a cor. Depois da revolução russa, em 1917, deixou o país por Paris, onde morreu em 1944.

A Colacção Prokudin-Gorsky tem mais de 2.607 imagens e foi comprada pela Livraria do Congresso norte-americano, em 1948, por €7.000 – €70.000 na moeda actual.

Comentários (Facebook):

Deixar uma resposta


Patrocinadores

css.php