Cidades: maximizar um minúsculo apartamento com soluções engenhosas

Como uma porta de correr muda um apartamento?

 

Se o pós-guerra foi testemunha do crescimento dos subúrbios, primeiro nos Estados Unidos e, mais tarde, noutras nações com processos de desenvolvimento mais tardios, como Portugal, a verdade é que hoje os jovens preferem viver no centro das cidades, mesmo que isso implique menos espaço para respirar.

No entanto, há sempre maneiras mais ou menos criativas para inventar espaço. É o caso destas portas de correr utilizadas pelo arquitecto australiano Brad Swartz para maximizar o espaço de um casal para viver. Com 27 metros quadrados, o apartamento situa-se na cidade de Darlington, Nova Gales do Sul.

Com um orçamento pequeno e espaço apertado, Swartz conseguiu arranjar um espaço de arrecadação para este casal, ao acrescentar mais uma porta que também funciona como divisória funcional do espaço.

“Embora este apartamento tivesse, inicialmente, apenas um quarto, o conceito foi reinstalar uma divisória para obtermos duas zonas distintas: uma sala de jantar e estar pública e um espaço de cozinha formado pela relocalização da cozinha, para criar uma sala open space”, explica Swartz.

“A abordagem minimalista foi levada para o design de interior, para maximizar a sensação de espaço e luz”, continuou.

Com 43 centímetros de grossura, a porta de correr/parede esconde uma secretária, um móvel para vinhos e bebidas, estantes para livros e outros pertences. À esquerda existe também uma porta que esconde a casa de banho.

Fotos: Katherine Lu

Comentários (Facebook):

Deixar uma resposta


Patrocinadores

css.php