odezhda dlya sobak mylovelypet.ru magazin odezhdy dlya sobak, kupit osheynik anti lay mozhno tut - osheynik-anti-lay

Tag Archive | "desenvolvimento local"

Engenheiro florestal vai pôr jovens e desempregados a trabalhar campos abandonados


Ricardo Nabais, dirigente do núcleo da Guarda da Quercus, vai lançar um projecto que visa a criação de uma bolsa de terrenos agrícolas e a gestão dos campos abandonados, com vista à promoção do seu cultivo.

O projecto chama-se Gesterra, será implementado no concelho da Guarda e tem como pano de fundo um prémio ganho por Ricardo Nabais num concurso promovido pela Guarda+Social.

O objectivo do Gesterra é pôr os desempregados e jovens a trabalhar os campos abandonados, e assim terem na agricultura “uma actividade sustentável e uma oportunidade de ultrapassar uma época de crise”.

“Percebe-se que, por um lado, há terrenos abandonados que precisam de ser cultivados, pessoas que os podem ceder, alugar ou vender e, por outro, pessoas que precisam e gostariam de ter um terreno que pudessem cultivar e que lhes proporcionasse alguma sustentabilidade”, explicou o responsável.

De acordo com Ricardo Nabais, não só existem muitos terrenos abandonados no interior, como também há cada vez mais jovens casais a procurarem melhor qualidade de vida fora das zonas metropolitanas. E estas famílias não têm terrenos.

O Gesterra seria, assim, um “elo de ligação entre dois públicos distintos”. “A ligação será efectuada por meio de duas bolsas – uma de terrenos e outra de interessados a cultivar – que serão disponibilizadas numa plataforma de internet”, explicou Ricardo Nabais à Lusa.

Através da bolsa de terrenos, reúnem-se ofertas de terras inscritas pelos seus proprietários. Quem procura áreas para cultivo terá de se inscrever na bolsa de interessados.

O projecto vai arrancar na Guarda mas poderá ser estendido a outros municípios da região e até ao resto do País, caso haja esse interesse por parte dos governantes e população local.

Publicado em Emprego, PortugalComments (1)

5 razões para não investir em Cascais (VÍDEO)


Publicado em Green Savers TV, PortugalComments (0)

Empreendedor de Famalicão vai produzir morangos por hidroponia


Um empreendedor de Famalicão lançou um projecto de produção de morangos por hidroponia – ou “no ar”, como explica a Lusa – um projecto que poderá garantir “mais e melhores frutos” e uma “enorme poupança de água”.

José Carvalho, que lançou o projecto com o filho, será responsável por 12 estufas de morango, com uma área total de um hectare e que deverão produzir entre 150 a 170 toneladas deste fruto.

“O morango é conhecido como um fruto rasteiro, mas com este método sai mais saboroso, mais doce e robusto”, explicou o responsável. O projecto pressupõe um investimento de €500 mil (R$1,3 milhões) e é apoiado em €190 mil (R$495 mil) pelo PRODER.

Para além de assegurar morangos durante todo o ano, o projecto emprega sete pessoas, que fazem de tudo, desde a plantação e embalamento. Segundo José Carvalho, a produção em altura rende três vezes mais do que o método tradicional.

“Para um hectare, pelo sistema tradicional, são necessários 60 mil litros de água, mas eu aqui gastarei uns 2.500, graças a um sistema computadorizado de rega. São oito regas por dia, gota a gota, cada uma com uma duração de três minutos. E depois ainda há a recuperação de água”, conclui José Carvalho.

A plantação é feita com calhas de 1,80 metros de altura, que depois baixam 60 centímetros para a colheita dos morangos. A alimentação tem coo base a água com fibra de coco.

Publicado em Emprego, PortugalComments (1)

Rock In Rio inaugurou ciclovia em Lisboa. E vai ter estacionamento para bicicletas.


A organização do Rock In Rio e a Câmara Municipal de Lisboa (CML) inauguraram hoje a ponte pedonal e ciclável que une as Olaias ao Parque da Bela Vista, na capital portuguesa, uma ligação de três quilómetros que pretende ligar sustentavelmente estes dois pontos, ajudando as necessidades de mobilidade sustentável da população.

Esta ciclovia é a contrapartida do Rock In Rio pela realização das edições de 2010 e 2012 do maior evento de música e entretenimento do mundo na capital portuguesa.

Na inauguração da ciclovia Rock In Rio, a vice-presidente do evento de música e entretenimento, Roberta Medina, garantiu que quem vier de bicicleta ao Parque da Belavista terá um estacionamento próprio para o seu veículo de duas rodas, uma área que será gerida pela Federação Portuguesa de Cicloturismo e Utilizadores de Bicicleta (FPCUB).

No site oficial do Rock in Rio, em www.rockinriolisboa.sapo.pt, e no da CML estarão disponíveis várias informações sobre as pistas cicláveis que o público pode utilizar para chegar ao evento.

O projecto insere-se ainda na rede de percursos e corredores cicláveis que liga os percursos de Benfica, na zona ocidental da cidade, ao Parque das Nações, zona oriental.

“Para esta edição desenvolvemos a campanha Eu Vou de Bicicleta, em parceria com CML e inserida no âmbito do Projeto Social do Rock in Rio, que visa promover a sustentabilidade enquanto atitude diária. A mobilidade e a compensação da pegada carbónica do evento são alguns dos aspetos que nos motivaram a promover a utilização de bicicletas na deslocação para a Cidade do Rock”, explicou esta manhã Roberta Medina.

Segundo um estudo de impacto económico da Universidade Católica de Lisboa, estima-se que a edição de 2008 tenha gerado mais de €63 milhões (R$159 milhões) de receitas para a cidade.

Cada edição do Rock in Rio gera cerca de 7 mil empregos diretos e indiretos, contribuindo fortemente para a atividade hoteleira e de restauração e ainda para o acréscimo do consumo, ao promover a afluência de pessoas de fora da cidade, designadamente de turismo interno e internacional.

À semelhança das edições anteriores, o Rock in Rio procura contribuir para o melhoramento da cidade de Lisboa através de obras como a Ponte Pedonal e Ciclável ou o novo troço da Rede de Percursos e Corredores Cicláveis de Lisboa.

Desde 2004 que a presença do evento traduz-se em contrapartidas que beneficiam a população, sendo exemplo disso a reabilitação do Parque da Bela Vista, a substituição de parte da vedação, o melhoramento dos espaços verdes, a criação de um parque de merendas e a implantação de infraestruturas no local como iluminação, casas de banho e espaço de cantina para trabalhadores.

No âmbito da mobilidade sustentável, a inauguração deste novo troço da ciclovia vem sublinhar esta pró-actividade, tratando-se de uma infraestrutura que a população pode usufruir durante o evento e que permanece para além da edição do Rock in Rio-Lisboa 2012 como um bem de utilidade pública.

Publicado em Bicicletas, Brasil, PortugalComments (1)

Bragança: primeira edição da Expo Trás-os-Montes realiza-se de 19 a 22 de Abril


A Associação Empresarial do Distrito de Bragança (NERBA) vai realizar, de 19 a 22 de Abril, a primeira edição da Expo Trás-os-Montes, uma feira que pretende promover a região e os seus produtos.

A região, muitas vezes esquecida pela sua distância dos centros urbanos do litoral, tem uma das mais elevadas taxas de certificação de produtos regionais, sendo-lhe reconhecido ainda um “enorme potencial turístico, reconhecido no património natural, ambiental e cultural”, de acordo com a NERBA.

“Lançámos um desafio aos produtores, aos empresários, ao artesão, às escolas, à comunicação social, aos operadores turísticos, aos municípios e outros agentes de desenvolvimento, e confirmámos a determinação de todos em aproveitar o enorme potencial da economia regional”, explica a NERBA no site oficial do evento.

A associação tem como missão fomentar a criação e o desenvolvimento de parcerias estratégicas público-privadas com o objectivo de potenciar uma cultura de cooperação, capaz de dar corpo a esta iniciativa.

Fique com algumas razões para visitar o evento.

“A nossa região ganhará ao promover a gastronomia, a cultura e o património como imagem de marca, acompanhada por uma prática de turismo de excelência, assegurando a nossa posição concorrencial. Trás-os-Montes tem vantagens comparativas relativamente a outras regiões e estão identificadas as fileiras estratégicas de dinamismo empresarial: vinho, azeite, frutos secos, raças autóctones, produtos de qualidade e o turismo”, conclui a associação empresarial.

Mais informações no site da Expo Trás-os-Montes. Pode seguir o evento no Twitter e Facebook.

Publicado em Comunidades, PortugalComments (0)

Casas de Juromenha: Turismo rural e de natureza mesmo em frente a Olivença (com FOTOS)


Em pleno rio Guadiana, mesmo em frente a Olivença, polémica vila espanhola, surgem as Casas de Juromenha, um dos mais recentes espaços de turismo rural no Alentejo, integrado na natureza envolvente do norte alentejano.

São seis casas de campo independentes, decoradas com simplicidade e inseridas numa pequena herdade que inclui um olival, um projecto do arquitecto João Pedro Sousa Coelho.

O projecto abriu em Março e, para reforçar a ligação à natureza, estabeleceu uma parceria com a Wadnature, que permite aos visitantes actividades naúticas ligadas ao Guadiana: descidas de kayak, cursos de o’pen bic e windsurf, por exemplo.

Há também passeios de fauna e flora, passeios de interesse históricos e observação das estrelas. Saiba mais sobre o projecto em www.casasdejuromenha.com/ e conheça outros dos projectos rurais alentejanos mais sustentáveis: o Zmar e o Imani.

Publicado em Comunidades, PortugalComments (0)

Recomendações

Blogroll