10 das maiores aquaculturas do mundo (com FOTOS)

A aquacultura polui o ambiente?

Há muito que a aquacultura – ou processo de produção de vida marinha, como peixes, moluscos, crustáceos, répteis ou anfíbios, em ambientes controlados, para uso do homem – é praticada: os primeiros registos datam de há 4.000 anos, no Egipto, com a tilápia-do-Nilo.

Ainda assim, só nos últimos anos o processo se democratizou e se espalhou por todo o mundo, de forma a tentar contornar o decréscimo intenso dos stocks de peixes.

Japão, China ou França são alguns dos países que estão a alterar o seu ambiente para alimentar o globo, explica o Mashable, mas também em Portugal se investe na aquacultura. A tendência é que cada vez mais fábricas de aquacultura sejam desenvolvidas, algumas, inclusive, em locais inóspitos. Mas fará isso sentido?

Leia também o artigo Mito – A Aquacultura polui o Ambiente, escrito por Ricardo Calado Investigador Principal do Departamento Biologia & CESAM da Universidade de Aveiro.

1.Fujian, China

2.Rio Seudre, França

3.Hvannasund, Ilhas Faroé

4.Normandia, França

5.San Pablo Laguna, Manila, Filipinas

6.Baía de Ofunato, Iwate, Japão

7.Fujian, China

8.Zanzibar, Tanzânia

9.Ajaccio, Córsega, França

10.Sudoeste da França

Deixar uma resposta

Patrocinadores