Ser “Eco Cool” é uma das tendências para 2011/2012 da Science of the Time

Ser “Eco Cool” é uma das tendências para 2011/2012 da Science of the Time

Uma das tendências mundiais para o biénio 2011/2012 é ser Eco Cool, de acordo com um relatório da Science of the Time, que trabalha com centenas de “caçadores de modas”, bloggers ou dos chamados “buscadores de tendências”.

Um dos destaques da Science of the Time vai para o tema da mobilidade. “A mobilidade é uma das nossas fontes de poluição, mas também é uma das que consegue ser facilmente minimizada com os carros eléctricos ou utilização de bicicletas”, explica a empresa de tendências.

Podemos ser Eco Cool a uma escala pequena, por exemplo, com ciclovias geradoras de energia, ou a uma grande dimensão, com as chamadas estradas verdes (como esta que aqui apresentámos na semana passada, ou esta), com luzes LED embutidas que funcionam como painéis solares e com um sistema inteligente para indicar as faixas de sinalização, limpar a neve e alertar para o que o condutor pode encontrar à frente.

As restantes nove tendências para 2011/2012 são, na opinião da Science of the Time, o relaxamento cool – desligar-se do mundo –, a nostalgia, a compaixão, a Web 3.0 – que liga o mundo virtual ao real –, a desconfiança, a total transparência, a reavaliação do dinheiro, os nómadas urbanos – que misturam trabalho com diversão – e o chamado City Engagement: a cidade vai ressurgir como local de encontro entre os cidadãos, que terão cada vez mais poder de decisão dentro dela.

Veja as novas tendências.

E também o vídeo das estradas verdes da Solar Roadways.

Comentários (Facebook):

Deixar uma resposta

Patrocinadores

css.php