Ministério da Agricultura e Ambiente bane gravatas para poupar energia

Ministério da Agricultura e Ambiente bane gravatas para poupar energia

O recém criado ministério da Agricultura, Mar, Ambiente e Ordenamento do Território está a dispensar, a partir de hoje, a utilização de gravata nas suas instalações. Tudo, segundo a responsável pela pasta, Assunção Cristas, para poupar energia.

A conferência de imprensa que vai apresentar este projecto, denominado Ar Cool, está a decorrer neste momento, mas já é possível sabermos algumas das especificidades da medida. Esta “dispensa” de utilização de gravata vai decorrer todos os anos de 1 de Junho a 30 de Setembro e pretende “diminuir a factura do ar condicionado e preservar o ambiente”.

Por outro lado, a temperatura ambiente dos edifícios do ministério durante os meses de Verão será alterada para uma referência de 25 ºC, para diminuir o consumo de energia eléctrica na Administração Pública.

“A manutenção do conforto dos colaboradores do ministério poderá ser obtida através da utilização de uma indumentária menos formal, dispensando por regra o uso de gravata”, explicou a tutela em comunicado. “O objectivo é reduzir a despesa global em electricidade e a correspondente pegada ecológica, todos os anos, entre 1 de Junho e 30 de Setembro”.

A iniciativa será ainda acompanhada da adopção de um conjunto de medidas de sustentabilidade energética e ambiental, como o uso preferencial de meios electrónicos para as comunicações entre gabinetes e serviços, assim como o uso de videoconferências e a indicação para os equipamentos electrónicos serem desligados, em vez de mantidos em stand by.

Fique com o Green Savers para saber, mais pormenorizadamente, todas as medidas da iniciativa Ar Cool.

Comentários (Facebook):

Patrocinadores

css.php