Frigoríficos abandonados transformam-se em cinema ao ar livre

Frigoríficos abandonados transformam-se em cinema ao ar livre

É difícil imaginar que alguém sinta saudades de uma montanha de frigoríficos abandonados com mais de quatro quilómetros de altura, mas a comunidade de Hackney, a este do centro de Londres, sentiu que tinha perdido um símbolo cultural quando, em 2005, a paisagem mudou. Enquanto muitos moradores estavam contentes por terem-se visto livres da poluição visual, outros decidiram “comemorá-la” e criaram um cinema ao ar livre, recorrendo, precisamente, a frigoríficos deitados fora.

A Sims Recycling Solutions ofereceu 150 destes equipamentos a custo zero e nasceu, assim, o projecto Films on Fridges, que pretende prestar homenagem à montanha de lixo que foi removida no âmbito da preparação da capital britânica para os Jogos Olímpicos de 2012. Também por esse motivo, todas as películas exibidas ao longo da iniciativa terão exclusivamente temas ligados ao desporto, como “Rocky”, “Pumping Iron” ou “Cool Runnings”.

Os frigoríficos, que serão devolvidos no final do projecto à empresa que os forneceu e serão reciclados, foram usados para a construção do cinema e serviram de inspiração para a decoração do local, mas, ao contrário do que o nome indica, os filmes não são projectados directamente nos equipamentos, por estes não terem uma superfície adequada ao bom visionamento das películas. Os bilhetes custam 10 libras (cerca de 11,28 euros) e o programa apresentou lotação esgotada em algumas sessões.

Além do entretenimento, o objectivo, segundo o artigo no The Guardian era alertar para o grande número de frigoríficos que são deitados fora a cada ano e mostrar que este tipo de equipamentos pode ser reciclado na totalidade. O projecto, que termina este mês, angariou sete mil libras (quase 7.900 euros), mais mil (1.128 euros) do que a expectativa inicial.

Comentários (Facebook):

Deixar uma resposta

Patrocinadores

css.php