Lisboa é a 57ª melhor cidade do mundo para se viver

Lisboa é a única cidade portuguesa que marca presença no ranking Global Liveability Survey, que apresenta as melhores cidades do mundo para se viver, de acordo com os níveis de qualidade de vida dos seus habitantes, analisados através de critérios de estabilidade, cuidados de saúde, cultura e ambiente, educação e infraestruturas. O ambiente e a cultura foi precisamente o critério que teve nota mais alta na avaliação à capital portuguesa, sendo que a estabilidade e infraestruturas tiveram a nota mais baixa, esclarece o artigo do Destak.

O estudo, elaborado pela Economist Intelligence Unit (EIU), do grupo que edita a revista The Economist, deu o primeiro lugar a Melbourne, na Austrália, que se encontrava em segundo lugar desde 2002. A baixa densidade populacional e as baixas taxas de criminalidade relativamente baixas valeram uma posição de liderança ao “país dos cangurus”, que no top 10 posicionou ainda Sydney, Perth e Adelaide, na 6ª, 8ª e 9ª posição, respectivamente.

Vancouver, no Canadá, que, por sua vez, se encontrava há quase dez anos no topo da lista, caiu para terceiro lugar, sendo ultrapassada também por Viena de Áustria. A queda deve-se a um decréscimo no sector das infraestruturas. Ainda assim, há outras duas metrópoles canadianas no ranking, nomeadamente Toronto e Calgary, na 4ª e 5ª posição, respectivamente.

O top 10 conta apenas com duas presenças europeias, muito devido à crise que se vive no Velho Continente. Além da capital austríaca, Helsínquia, na Finlândia, salva a honra dos europeus, ocupando o sétimo lugar.  A queda de 2,5% de Atenas, na Grécia, merece destaque. A capital grega está agora abaixo de metrópoles consideradas teceiro-mundistas, como San Juan, em Porto Rico, ou Montevideu, capital do Uruguai, sendo a única capital da Europa Ocidental abaixo do limiar dos 80% em termos de qualidade de vida.

Também os países africanos e do Médio Oriente ficaram prejudicados numa lista que é composta por 140 nações, devido à “Primavera Árabe”, esclarece a EIU. Tripoli está no grupo das dez piores, onde a pior é Harare, capital do Zimbabué.

Deixar uma resposta

Patrocinadores

css.php