Kyocera vai construir maior parque solar do Japão

Kyocera vai construir maior parque solar do Japão

A tecnológica Kyocera anunciou ontem que irá construir a maior central solar do Japão, um mega projecto de 70 MW e que custará €235 milhões (R$563 milhões). A central ficará na ilha de Kyushu e permitirá à Kyocera começar a explorar oportunidade de integrar o solar na rede eléctrica japonesa.

O projecto engloba outras duas empresas: a IHI Corporation, que cederá o terreno, e o Mizuho Corporate Bank, que irá financiar a operação. Ao todo, serão 290 mil painéis solares para um espaço de 127 hectares.

Segundo a Kyocera, a central solar de Kogoshima irá gerar electricidade suficiente para electrificar 22 mil lares, reduzindo as emissões de CO2 em 25 mil toneladas por ano. O projecto servirá ainda de modelo de negócio para futuros investimentos japoneses em energia solar.

Siga a Kyocera Solar no Facebook e Twitter.

Com o início da construção previsto para Julho, a central solar de Kagoshima surge numa altura que a discussão sobre o futuro energético japonês está na agenda dos seus governantes e cidadãos, depois do desastre natural de Fukushima.

Apesar de ser a maior central solar do Japão, a verdade é que os números apresentados pela Kyocera para Kagoshima não são muito impressionantes, tendo em conta os projectos desenvolvidos noutros países: China, Alemanha, Espanha ou Estados Unidos. A prova de que o Japão ainda tem muito que trilhar nas energias renováveis.

Deixar uma resposta

Patrocinadores

css.php