O novo mercadinho de Leiria está à procura de eco-talentos. No sábado, dia 14, traga o seu.

O novo mercadinho de Leiria está à procura de eco-talentos. No sábado, dia 14, traga o seu.

No dia 14 de Abril, sábado, a partir das 10h, a cidade de Leiria está à procura dos seus talentos, sobretudo os que estão, directa ou indirectamente, relacionados com a sustentabilidade. Situado no largo de S. Pedro, perto do castelo, o novo mercadinho de Leiria é um espaço físico onde qualquer cidadão pode vender roupa que já não usa, objectivos antigos ou bricolages próprias: abajures feitos de garrafas de plástico sustentáveis ou brincos feitos de caricas

“Se tem um Eco-talento, há uma banca para si no Novo Mercadinho Leiria”, explica a organização no Facebook.

Este espaço não está relacionado com o actual mercado municipal da cidade, mas pretende entregar aos cidadãos, literalmente, toda a sua gestão e dinamização.

“O seu objectivo é o de proporcionar um espaço físico, real, com oportunidades reais, para que todos os cidadãos, de qualquer idade, de forma individual ou colectiva, possam participar na dinamização da cidade, com os seus projectos, iniciativas, e acções, por mais simples que estas possam ser”, explica a organização neste blog.

Cedido pela Acrenarmo, o Novo Mercadinho de Leiria é, à semelhança do Novo Mercado de Seia, um espaço físico, com bancas e espaços para expor, mostrar, trocar ou vender Eco-talentos, os seus Eco-talentos.

“Tudo pode ser um Eco-talento. Um passatempo, um projecto, um produto, uma arte, uma ação, desde que possa ser vendida, mostrada, trocada ou partilhada! O que importa, o que faz com que tenha um talento, é que tenha vontade de participar na cidade, desejo de mostrar o que sabe fazer bem, e motivação para ser um cidadão activo”, continua o blog.

“Mas, fazemos uma simples exigência: para poder ser considerado um Eco-talento, as acções têm de utilizar racionalmente os recursos locais, promover a igualdade de oportunidades ou atenuar o nosso impacto no Planeta. No fundo, as iniciativas têm de promover o equilíbrio social, económico e ambiental na nossa sociedade”, concluem os organizadores.

E o leitor, tem algum eco-talento?

Comentários (Facebook):

Deixar uma resposta

Patrocinadores

css.php