Angola e outros quatro países africanos vão criar mega projecto de conservação

Angola e outros quatro países africanos vão criar mega projecto de conservação

Cinco países do Sul de África, entre os quais Angola, estão a criar gigantesca área de conservação, um projecto que se estende além das suas fronteiras e que deverá salvar centenas de espécies animais, entre os quais os elefantes.

O projecto chama-se KAZA – Área de Conservação Transfronteira Kavango Zambezi e envolve Angola, Botswana, Namíbia, Zâmbia e Zimbabué, países que têm a maior população mundial de elefantes – 250 mil.

Lançada em Março, a iniciativa envolve €20 milhões (R$52 milhões) do banco de desenvolvimento alemão e pressupõe que estes cinco países criem um território de conservação inclusivo, pondo de lado conflitos antigos.

Caso seja bem sucedido, o projecto pode ajudar a tirar pessoas da pobreza e proteger um dos últimos ecossistemas funcionais de grande escala do continente africano, o delta do Okavango.

Esta área de conservação engloba mais de 40 áreas protegidas – entre as quais Longa Mavinga, Luiana e Mukosso Luenge, em Angola – e poderá aumentar por dez os seus ganhos turísticos anuais. Este é, aliás, uma das grandes preocupações do projecto: que ele enriqueça as empresas de turismo estrangeiras e não as comunidades locais.

Conheça melhor o projecto em http://www.kazapark.com/

Comentários (Facebook):

Deixar uma resposta

Patrocinadores

css.php