O antepassado do crocodilo alimentava-se… dos nossos antepassados

O antepassado do crocodilo alimentava-se… dos nossos antepassados

Com 8,2 metros de comprimento, o antepassado do crocodilo actual provavelmente tinha os seres humanos na sua dieta diária. Segundo o Journal of Vertebrate Paleontology, este animal estava no topo da cadeia alimentar há dois milhões de anos.

Segundo os cientistas que analisaram a nova espécie, o Crocodylus thorbjarnasoni, este parecia-se com o seu primo do Nilo, mas com uma dimensão completamente diferente. Ou seja, muito maior.

Este gigante crocodilo – ou que resta dele – foi encontrado na África Oriental, junto ao hominídeo Australopithecus. Como dominava o seu ecossistema, os cientistas acreditam que o crocodilo aterrorizava este nosso antepassado, nomeadamente quando ele entrava no seu território à procura de água.

“Os humanos poderiam alimentar-se à volta do lago ou rio, mas teriam de procurar água para beber. Isto iria levá-los para o território do crocodilo”, explicou o autor da teoria, Christopher Brochu, à Discovery News. Um comportamento, note-se, não muito diferente do actual crocodilo.

Os restos de Australopithecus mediam 1,2 metros, pelo que não seria de estranhar que o crocodilo os engolisse inteiros. Mesmo agora, foram precisos quatro homens só para levantar o esqueleto do animal.

Comentários (Facebook):

Deixar uma resposta

Patrocinadores

css.php