Menina de nove anos cria blog e obriga escola a mudar para alimentação saudável

Nunca menosprezem o poder de um jovem de nove anos. Depois de histórias como esta, de Caine Monroy, chega-nos agora a incrível aventura de Martha Payne, da mesma idade, para mudar as escolhas de alimentação da sua escola.

Martha, residente na Escócia, chegou à conclusão que a sua escola estava bem menos interessada que ela na alimentação distribuída nos refeitórios, tendo começado o blog NeverSeconds para tentar mudar a situação.

Lançado no início de Maio, o NeverSeconds dedica-se à saúde e avaliação – com notas, mesmo – das refeições escolares da escola de Martha. Menos de um mês depois de ter sido lançado, por incrível que pareça, o blog tornou-se lido por crianças de todo o mundo, de Taiwan aos Estados Unidos.

As crianças que vão ao NeverSeconds passaram a enviar fotos da sua própria refeição escolar, o que é interessante porque permite termos uma noção da alimentação escolar em cada parte do globo.

Antes – apenas duas semanas depois do NeverSeconds ter sido criado – o pai de Martha encontrou-se com a administração da escola, que lhe comunicou algumas alterações no programa de almoços escolares. Uma delas permite aos alunos poderem repetir as doses de salada, fruta e pão, o que impede que muitos deles tenham fome para as pizzas ou cheeseburgers que, curiosamente, também fazem parte da ementa.

Mas a cereja no topo do bolo chegou mais tarde, quando chef e celebridade Jamie Oliver, também conhecido pela sua luta em prol de refeições mais saudáveis nas escolas, lhe enviou um livro autografado.

O autógrafo continha um incentivo: “Keep it tup!”, que é como quem diz, “continua a tua luta”.

Comentários (Facebook):

Deixar uma resposta

1 comment

  1. Rui M. Palmela

    Nenhuma outra espécie na Natureza se alimenta de forma tão desnaturada como a humana que precisa ainda aprender a comer para saber viver e respeitar a vida de outros os seres da Criação cujos cadáveres são mutilados para serem consumidos na forma de refeição. O homem tornou-se a espécie mais perigosa e predadora da Terra que se auto destrói pela forma como vive e se comporta com sua forma de civilização, tendo degenerado há muito de sua verdadeira condição, a começar pela sua alimentação.