Rússia vai construir a cidade mais inteligente e sustentável da Europa

Rússia vai construir a cidade mais inteligente e sustentável da Europa

A Panasonic, Ernst & Young, Cisco e Academia Russa de Ciências vão construir aquela que será a maior cidade inteligente e sustentável. A cidade – Skolkovo, a 20 quilómetros de Moscovo – estará pronta entre 2014 e 2015 e terá casas para 31 mil habitantes, num terreno de 400 hectares.

O projeto irá criar ainda o Instituto Skolkovo da Ciência e Tecnologia, centros de investigação e desenvolvimento, instalações de educação, infraestruturas e pequenos negócios.

Em comunicado,a Panasonic explica que será responsável pelas energias ecológicas e pelas soluções que podem “gerar uma maior eficiência e que são, por sua vez, mais benéficas para o funcionamento ambiental de Skolkovo”. A empresa nipónica aplicará a sua tecnologia de bomba de calor, a tecnologia de painéis fotovoltaicos e de baterias de íon de lítio para criar e armazenar energia, entre outras aplicações.

“As cidades inteligentes e ecológicas nunca estiveram tão próximas da Europa como agora. Estamos ansiosos por mostrar ao mundo o que ele pode beneficiar com a criação deste projecto”, explicou o presidente da Panasonic Europa, Laurent Abadie.

A Panasonic está ainda a ultimar a sua presença na cidade inteligente e auto-suficiente de Fujisawea, a 50 quilómetros de Tóquio, num ecobairro de Singapura, em Dalian Best City, na China e em Tianjin Eco City, também na China.

Comentários (Facebook):

Deixar uma resposta

1 comment

  1. Bullshit. Se – todos nós – quiséssemos mesmo mudar para algo sustentável e pensado para vivermos em plena harmonia com todo o planeta, os modelo de cidade do venus project são os mais bem idealizados até hoje. Tenhamos coragem de sair da caixinha em que nos meteram e damos uma volta de 180º.

Patrocinadores

css.php