Alterações climáticas fazem crescer morangos na Gronelândia

Alterações climáticas fazem crescer morangos na Gronelândia

Aqui vai uma lista parcial dos vegetais que, cada vez mais facilmente, se desenvolvem na Gronelândia: batatas, tomilho, ervilhas, pimentas, tomates e morangos. Apesar de este não ser um país de plantações, a alteração acelerada do clima está a torná-lo capaz de produzir e fazer crescer alimentos que nunca se imaginariam aí há alguns anos.

A mudança está em curso: as batatas cultivadas comercialmente no sul da Gronelândia atingiram mais de 100 toneladas métricas em 2012, o dobro de 2008. Também a produção de hortaliças na região pode duplicar este ano, em comparação com 2012, de acordo com os dados do governo.

Segundo o Scientific American, as temperaturas têm aumentado no país e as chuvas têm diminuído. Alguns agricultores já produzem feno e as explorações de ovinos têm aumentado de dimensão. Alguns supermercados da capital do país, Nuuk, até vendem agora legumes cultivados localmente durante o Verão.

“As coisas estão a crescer mais depressa”, disse Kim Ernst, um chefe dinamarquês com um restaurante na zona temperada de Northern Lights. Todos os anos, ele experimenta cultivar novos legumes – e agora até morangos já consegue produzir.

“Cheguei aqui em 1999 e ninguém nessa altura teria sonhado em fazer isto. Mas agora os dias de Verão parecem mais quentes e maiores”, diz ele. O cozinheiro tem uma estufa e um jardim de Inverno ao ar livre que, em poucos meses, promete germinar novamente.

O fenómeno é de tal modo significativo que o governo da Gronelândia já criou, este ano, uma comissão para estudar de que forma as mudanças climáticas podem ajudar os agricultores a aumentar a sua produção agrícola e substitui-la pelos caros alimentos importados.

Aqui, o aquecimento global não está a causar tristezas. Talvez no futuro as pessoas possam usar a neve derretida para regar os campos e passem a comer morangos no Árctico, enquanto ele lentamente submerge.

Foto: Sob licença Creative Commons

Comentários (Facebook):

Deixar uma resposta

Patrocinadores

css.php