ASAE recebe 1.900 denúncias e 9.800 reclamações por mês

ASAE recebe 1.900 denúncias e 9.800 reclamações por mês

A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) recebeu cerca de 9.800 reclamações e 1.900 denúncias por mês nos últimos sete anos, de acordo com o inspector-geral da instituição, Francisco Lopes.

O responsável afirmou ainda que a ASAE recebeu, no mesmo período, cerca de 1.500 pedidos de informação por mês. “Além de milhares de pedidos de informação – cerca de 1.500 por mês – recebemos, ao longo dos últimos sete anos, uma média de cerca de 1.900 denúncias e 9.800 reclamações por mês, vindas dos consumidores”, explicou o responsável durante a apresentação da quarta edição do Nutrition Awards, que ontem decorreu na Fundação Calouste Gulbenkian, em Lisboa.

“A salvaguarda da saúde pública é a nossa atividade core. Assegurar o respeito pelas regras legais definidas para o exercício das atividades económicas, alimentares ou não, é garantia de leal e sã concorrência, de competitividade dos operadores nacionais e de salvaguarda do consumidor”, continuou Francisco Lopes.

O novo inspector-geral da ASAE garantiu que a instituição trabalha “na vertente preventiva, de divulgação e de informação”, disponibilizando dados e conselhos a consumidores e operadores económicos.

Finalmente, o responsável avançou que a ASAE tem vindo a apostar “fortemente em projectos inovadores”, que traduzem um “incremento nos níveis de eficácia e eficiência”. Entre estes, destaque para uma nova aplicação informática que permitiu uniformizar todos os laboratórios e o desenvolvimento da vertente de biologia molecular nos laboratórios.

O Nutrition Awards pretende reconhecer as inovações e boas práticas da indústria agro-alimentar e é organizado pela GCI e APN.

Comentários (Facebook):

Deixar uma resposta

Patrocinadores

css.php