Cidade norte-americana torna obrigatória presença de arma em todas as casas

Cidade norte-americana torna obrigatória presença de arma em todas as casas

A cidade de Nelson, no estado da Geórgia, Estados Unidos, aprovou na segunda-feira uma lei que obriga a que todos os agregados familiares tenham uma arma em casa, como forma de diminuir o crime. A informação é da Reuters.

A estranha lei, aprovada unanimemente pela câmara local, é simbólica, uma vez que não há nenhuma coima para quem a infringir. No entanto, ela está obviamente a criar uma enorme polémica num dos Países onde mais pessoas morrem, por ano, vítimas de armas – propositadamente ou não.

De acordo com Duane Cronic, uma espécie de vereador de Nelson, esta aprovação serve para apoiar a posse de armas e envia uma mensagem aos futuros criminosos.

Ironicamente, a introdução desta lei tem como pano de fundo o massacre de Newton, uma tragédia que tem trazido diferentes reacções por parte dos norte-americanos: anti e pró-armas.

“Este é um sinal de segurança que as pessoas podem colocar no seu quintal. Há quem tenha sistemas de segurança, há quem não os tenha, mas agora podem pôr esta informação. Basicamente, estamos a dizer aos criminosos para andarem mais uns metros para o lado”, explicou Cronic.

A cidade de Nelson tem cerca de 1.300 pessoas e situa-se 80 quilómetros a norte de Atlanta, capital da Geórgia. Tem apenas um polícia, mas a maioria dos crimes são, sobretudo, pequenos roubos.

A lei exclui desta obrigatoriedade ex-presos, residentes com deficiências físicas ou mentais e pessoas que não acreditam na posse de armas.

Comentários (Facebook):

Deixar uma resposta

Patrocinadores

css.php