Ecoturismo: observaçação de golfinhos é chave na economia de Setúbal (com VÍDEO)

Ecoturismo: observaçação de golfinhos é chave na economia de Setúbal (com VÍDEO)

Ver golfinhos roazes no seu habitat natural é um dos principais argumentos que leva turistas à cidade de Setúbal – um negócio desenvolvido por seis empresas licenciadas e que é um verdadeiro ciclo virtuoso para a cidade de Bocage.

É que dos 150 mil turistas que, todos os anos, visitam Setúbal, cerca de 40% têm como principal atracção a observação dos golfinhos no Sado. “O ecoturismo e o turismo de natureza são uma tendência. Este programa, que é diferente e distinto, vem contribuir para a oferta turística da região e cidade de Setúbal. Em Portugal, este é o único sítio onde se consegue observar uma comunidade com características tão singulares como a do Sado”, explicou ao Economia Verde uma das proprietárias da empresa Vertigem Azul, Maria João Fonseca.

Depois do passeio no mar, as pessoas ficam alojadas na região e cidade, por lá almoçam a jantam, contribuindo naturalmente para o seu desenvolvimento económico.

“Os golfinhos são um dos pólos principais de atracção de Setúbal. Em termos de hotelaria, entre 30 a 40% das pessoas vão visitar os golfinhos”, avança José Fernando, do gabinete de turismo da Câmara Municipal de Setúbal.

Comentários (Facebook):

Deixar uma resposta

Patrocinadores

css.php