Espanha: arrendamento baseado na reabilitação pode criar 100 mil empregos

Espanha: arrendamento baseado na reabilitação pode criar 100 mil empregos

O Conselho de Ministros espanhol aprovou ontem um projecto de lei dedicado à reabilitação, regeneração e reabilitação urbanas, medida encarada fundamental para gerar um forte impulso na economia e gerar emprego.

A medida, que complementa um plano de habitação que será aplicado entre 2013 e 2016, poderá representar a criação de mais de 100 mil postos de trabalho nos próximos quatro anos e representa um investimento na ordem dos €2,5 mil milhões (R$ 6,4 mil milhões).

De acordo com o Construir, cerca de €1,5 mil milhões (R$ 3,8 mil milhões) deste montante serão aplicados para facilitar o acesso a habitação. Por outro lado, €627 milhões (R$ 1,6 mil milhões) serão aplicados em intervenções e eficiência energética.

Para a ministra do Fomento, Ana Pastor, a medida potenciará não só o acesso a uma habitação condigna por parte de uma franja da população menos favorecida como será importante para dinamizar o sector da construção, um dos mais afectados pela crise da economia espanhola.

Uma das medidas previstas estima um montante máximo de €4.000 (R$ 16 mil) de apoio a obras em edifícios anteriores a 1981.

Foto: Sob licença Creative Commons

Comentários (Facebook):

Deixar uma resposta

Patrocinadores

css.php