EUA: alergias da Primavera serão as piores de sempre

EUA: alergias da Primavera serão as piores de sempre

Esta Primavera pode ser uma das piores para quem sofre de alergias, nos Estados Unidos. A razão reside na excessiva presença do pólen no ar, resultante das alterações climáticas, informa o Huffington Post.

A estação será problemática principalmente para quem vive no nordeste do país. Os primeiros níveis de pólen de árvores presentes no ar foram medidos nos últimos dias – apesar de as taxas ainda não serem altas, algumas pessoas alérgicas já estão a revelar sintomas relativamente graves. Os especialistas esperam que a quantidade de pólen presente no ar durante esta estação seja incrivelmente elevada e que a reacção dos alérgicos seja invulgarmente forte.

Os motivos deste fenómeno residem no aquecimento global. Na região, as alterações climáticas estão a adiantar a chegada da Primavera, a atrasar o final do Outono e a trazer grandes quantidades de chuva e neve. Tudo isto, combinado com níveis extremamente elevados de dióxido de carbono no ar, nutre as árvores e plantas produtoras de pólen – células reprodutivas minúsculas – e estimula o crescimento de fungos.

As previsões estimam que as árvores tenham o seu pico de erupção nas próximas duas semanas, com quantidades de pólen muito maiores do que as verificadas em anos anteriores. Graças às novas condições climáticas, o aumento nos EUA pode chegar a 30% até 2020 e mesmo duplicar até 2040.

A produção de pólen é, porém, apenas uma parte do total impacto que o aquecimento global vai ter para os alérgicos e asmáticos. Em áreas que enfrentem ondas de calor e secas prolongadas, o pó vai piorar a poluição do ar, agravando as doenças respiratórias.

As mudanças climáticas afectarão também as populações de insectos, cujas picadas podem provocar reacções alérgicas fatais em pessoas mais sensíveis, bem como a proliferação de heras venenosas e a concentração de ozono troposférico.

Isto significa que, se reside no continente americano e tem asma ou alergias, as alterações climáticas vão provavelmente deixá-lo mais doente nos próximos anos.

As doenças alérgicas são a sexta maior causa de doença crónica nos EUA – mais de 50 milhões de americanos sofrem de alergias e a asma atinge cerca de 20 milhões.

Foto: Sob licença Creative Commons

Comentários (Facebook):

Deixar uma resposta

Patrocinadores

css.php