Europa: são vendidas duas bicicletas por cada automóvel

Europa: são vendidas duas bicicletas por cada automóvel

A European Automobile Manufacturers’ Association (ACEA) apresentou os novos números de vendas – que não são muito agradáveis para os fabricantes de automóveis. Ao longo do primeiro trimestre de 2013, as unidades vendidas caíram 9,8% em relação ao mesmo período de 2012. As vendas de carros na Europa em Fevereiro foram as mais baixas desde que os dados começaram a ser compilados, em 1990.

Em contraste com este cenário, as vendas de bicicletas aumentaram na União Europeia (UE), de 18.9 milhões de unidades em 2000 para cerca de 20 milhões em 2011. Por outras palavras, por cada carro vendido na Europa, quase duas bicicletas recebem um novo dono.

E estas bicicletas não servem apenas para decorar a casa ou ficarem encostadas a um canto, elas são cada vez mais utilizadas. A Alemanha registou um aumento de 50% no ciclismo urbano entre 2002 e 2011 e o sucesso das bicicletas eléctricas na Holanda contribuiu para um aumento de 9% em quilómetros pedalados em apenas um ano, de 2010 para 2011. A prática do ciclismo em muitas capitais europeias também duplicou ao longo da última década, como é o caso de Londres e Dublin.

As bicicletas eléctricas são um dos principais motores de desenvolvimento neste novo comportamento de mobilidade – em 2011, 716.000 destes veículos foram vendidos na UE, em comparação com apenas 11.500 carros eléctricos. Esta é uma das razões por que muitos fabricantes de automóveis resolveram entrar no negócio das bicicletas eléctricas.

A crise financeira é apontada como a principal culpada para o declínio das vendas de automóveis. Embora isso possa ser verdade, há outras razões fundamentais por detrás deste desenvolvimento, como o diário alemão Sueddeutsche Zeitung explica: “Em muitos países, os jovens já não aspiram à posse de um carro. Os smartphones e tablets têm tomado o lugar do carro como os novos símbolos de status”.

Os jovens em ambientes urbanos gostam de utilizar o automóvel apenas ocasionalmente, quando realmente necessário. Será que quando a economia europeia voltar um dia a recuperar, as vendas de carros voltarão a subir? A verdade é que este novo panorama fértil para o pedal pode ser também um cenário de novas oportunidades económicas – há-que estar desperto para isso.

Foto: Sob licença Creative Commons

Comentários (Facebook):

Deixar uma resposta

Patrocinadores

css.php