Quer disponibilizar os seus serviços a milhares de pessoas? Adira ao Zaask (com VÍDEO)

Quando Luís Pedro Martins lançou o Zaask estava longe de adivinhar a rapidez com que iria angariar tantos seguidores. O negócio em questão é um site que liga os desempregados, freelances – ou outros – a quem precisa de ajuda, numa lógica de troca comercial de proximidade e online – e ele conta hoje com 8.000 prestadores de serviço inscritos.

“A Zaask é um mercado online de serviços. Fazemos o “match” entre a procura e a oferta de todo o tipo de serviços”, explicou Luís Pedro Martins ao Economia Verde. A ideia é simples: colocar à disposição de todos um certo de número de pessoas que fazem o que outras pessoas não sabem – ou não querem fazer.

Dos 8.000 prestadores de serviços já inscritos, Luís Martins estima em 500 o número de profissionais que gozam da total confiança da Zaask – são periodicamente recomendados e, por isso, os seus serviços são muito pedidos.

Apesar de contar com apenas com nove meses, a Zaask já é rentável, graças aos baixos custos da estrutura – e emprega cinco pessoas. As comissões da Zaask variam entre 3 os 10%, sendo que quanto maior é o negócio, menor a margem da start-up.

Recorde a entrevista de Luís Pedro Martins, em Maio de 2012, ao Green Savers. E veja o que mudou em tão pouco tempo, com a reportagem do Economia Verde.

Foto: Sob licença Creative Commons

Deixar uma resposta

Patrocinadores

css.php