EES Rural: uma escola para apender a fazer negócios nos meios rurais

A crise económica potenciou nos últimos anos um regresso às origens, com cada vez mais pessoas a trocarem a vida nas grandes cidades pela vida rural nas cidades mais pequenas. Estes espaços rurais, muitas vezes no interior do país, são oportunidades para reutilizar a terra e criar o próprio negócio, existindo actualmente vários incentivos para fixas os mais jovens nestes meios rurais ou incentivos aos produtores.

Porém, criar um negócio e viver da agricultura pode não ser tão simples como parece. No sentido de ajudar os cidadãos a fixarem-se nos meios rurais e criarem o seu próprio negócio, surgiu uma escola que ensina a fazer negócios no campo e a potenciar o investimento: a Escola de Empreendedorismo Rural (EES Rural).

A escola tem sede em Penela, Coimbra, e trata-se de um projecto de empreendedorismo social que pretende combater o despovoamento do meio rural.

O projecto foi lançado há pouco tempo e a primeira fase do programa – A Tribe Connet EES Rural – vai ter lugar nos dias 4, 5 e 6 de Abril, com a primeira turma. Para a primeira edição existem 12 vagas e a formação tem o custo de €165 – incluindo alojamento, alimentação, participação em todas as actividades e acompanhamento personalizado. As pré-inscrições podem ser feitas aqui.

O projecto-piloto vai decorrer também em Penela, no CISED – Centro de Interpretação do Sistema Espeleológico do Duença, localizado na aldeia de Ferrarias. No futuro, o objectivo é replicar o projecto noutras regiões do país.

Foto, Vila Viçosa:  Rui Ornelas / Creative Commons

Deixar uma resposta

Patrocinadores

css.php