Fukushima terá 100% de energia renovável até 2040

Fukushima terá 100% de energia renovável até 2040

A província de Fukushima, no norte do Japão, devastada há quase três anos por um sismo e de seguida por um tsunami – que causaram efeitos nefastos à sua central nuclear –, prometeu tornar-se 100% sustentável até ao ano de 2040, refere um artigo publicado na CleanTechnica.

Fukushima pretende usar energia renovável que será gerada através de iniciativas das comunidades locais de toda a província – onde vivem cerca de dois milhões de pessoas. A promessa, anunciada numa conferência durante esta semana, vai contra os planos do primeiro-ministro japonês Shinzo Abe de voltar a usar energia nuclear em todo o país.

“O governo japonês é muito negativo”, afirmou Tetsunari Iida, director do Instituto de Políticas de Energia Sustentável. “Os governos locais como o de Fukushima ou o de Tóquio são muito mais activos e progressistas que o governo nacional que está ocupado por pessoas da indústria”.

Paralelamente, o antigo primeiro-ministro japonês, Morihiro Hosokawa, foi candidato de uma plataforma anti-nuclear à presidência da câmara de Tóquio. A eleição, que decorreu a 9 de Fevereiro último, era tida como um referendo à tentativa governo japonês reiniciar os reactores nucleares e, no futuro, toda a energia nuclear do país. Hosokawa perdeu, mas disse que iria continuar a sua luta anti-nuclear.

“Tóquio anda a colocar as centrais nucleares e os resíduos nucleares em outras regiões, ao mesmo tempo que desfruta da conveniência da electricidade enquanto grandes consumidores”, disse Hosokawa numa conferência de imprensa durante o passado mês de Janeiro. “O mito de que a energia nuclear é limpa e segura terminou. Voltar a activar as centrais nucleares seria um crime contra as gerações futuras”.

Foto: hige-darumaひげだるまattractive woman Version / Creative Commons

Comentários (Facebook):

Deixar uma resposta

Patrocinadores

css.php