Japão: a história por trás da Ilha dos Coelhos (com FOTOS)

A ilha dos coelhos

A famosa ilha japonesa de Okunoshima, mais conhecida como “ilha dos coelhos”, voltou a estar nas atenções mediáticas depois da divulgação de um vídeo que mostra uma mulher a ser perseguida por um grande grupo de coelhos.

A ilha tornou-se nos últimos anos uma tracção turística por duas principais razões: a existência de centenas de coelhos selvagens que circulam livremente pela ilha e pela história de guerra – a ilha era onde o exército japonês produzia gás venenoso durante a II Guerra Mundial.

É conhecido que os coelhos eram utilizados para testar as armas químicas, mas não há provas de que os animais utilizados nos testes são os antepassados dos coelhos que actualmente habitam a ilha.  De acordo com Ellis Krauss, professor de política japonesa na University of California San Diego, é bastante improvável que as duas gerações de coelhos estejam relacionadas.

“Os coelhos não são descendentes dos que foram utilizados nos testes das armas químicas durante a guerra”, afirma Krauss, citado pelo Dodo. “Os coelhos dos testes foram eutanasiados pelos americanos durante a ocupação do Japão. Cerca de 200 destes estavam a ser utilizados nos testes”, explica o docente.

Uma vez que todos os coelhos da ilha foram abatidos, é difícil perceber como é que os animais voltaram a dominar Okunoshima. Porém existem algumas possibilidades de explicação. “Já ouvi que um casal britânico trouxe um casal de coelhos e os libertou, mas também já ouvi que outros turistas vieram à ilha, provavelmente crianças, e fizeram o mesmo. Existe a possibilidade de que alguém que queria tornar a ilha num local turístico o fez. Mas não existem certezas”.

Cerca de 700 coelhos habitam actualmente a ilha, aproximando-se dos visitantes que lhes dão comida. Dada a falta de predadores, os coelhos reproduzem-se livremente. Porém, Krauss indica que os coelhos não teriam atingido um número tão elevado sem a ajuda humana. “O mais interessante acerca destes coelhos é que a água do solo e algumas partes do solo ainda estão contaminadas. Toda a água que é consumida na ilha é engarrafada e trazida de fora e, posteriormente, as pessoas deixam água potável para os coelhos”.

Foto:  ikumic / Creative Commons 

Comentários (Facebook):

Deixar uma resposta

Patrocinadores

css.php