O momento em que elefante reencontra outros elefantes 37 anos depois (com FOTOS)

Um reencontro de elefantes

Durante a maior parte das quase quatro décadas da sua vida, um elefante africano chamado Mil viveu sozinho em cativeiro num circo da Nova Zelândia, sem nunca ter conhecido outros da sua espécie.

Posteriormente, o animal foi transferido para o jardim zoológico de Auckland, onde continuou a ser o único da espécie alguns anos. Porém, os tratadores lançaram uma campanha para acabar com os anos de isolamento de Mila e, agora quase ao final de 40 anos de vida, este elefante conheceu pela primeira vez outros animais da mesma espécie. Veja aqui o vídeo.

Pouco depois de Mila ter chegado ao zoo de Auckland, a sua tratadora, Helen Schofield começou a trabalhar para que o animal pudesse socializar com outros da espécie. Porém, Schofield morreu num acidente em 2012, onde Mila esteve envolvida, mas os colegas da antiga tratadora deram seguimento à missão de proporcionar a Mila uma vida melhor.

Os tratadores e amigos do zoo angariaram cerca de €1 milhão (R$3,3 milhões) para pagar o realojamento de Mila no zoo de San Diego, na Califórnia, onde habitam seis elefantes africanos e asiáticos.

Depois de passar vários meses em quarentena depois de ter chegado à nova casa, Mila foi apresentada à matriarca do grupo, o primeiro animal da mesma espécie que Mila viu desde que tinha quatro anos.

Comentários (Facebook):

Deixar uma resposta

1 comment

  1. Maria

    should be forever to keep elefants in Circus or Zoos !

Patrocinadores

css.php