Quarta vaga da tempestade Hércules chega no sábado

Quarta vaga da tempestade Hércules chega no sábado

A quarta vaga da tempestade Hércules vai chegar ao Norte de Europa entre sexta-feira e sábado e, de acordo com site Magic Sea Weed, que se dedica à previsão meteorológica para a prática de surf, será “um verdadeiro monstro”.

“As previsões apontam para ser a maior e mais perigosa [vaga] até agora, mas sem grandes perspectivas para o surf”, explica o MSW.

“A história destes swells recentes é a de destruição da costa. Ainda que o Hércules tenha dado origem a grandes condições para o surf em muitas partes da Europa, estas tempestades que se seguiram não trouxeram grandes condições para o surf, mas sim a rápida e contínua erosão do areal e falésias, destruição directa de estruturas e edifícios, e inundações em toda a costa”, explica o site.

De acordo com o site britânico Express, o Governo britânico, através do meteorologista-chefe do Met Office, já avisou a população da forte tempestade de sexta-feira à noite e sábado. No Reino Unido, os ventos deverão rondar entre os 160 km/h, junto à costa, e os 112 km/h, em terra.

Para além do vento, há previsão de chuva forte e de rápida intensidade para todo o Reino Unido.

No início da semana, o Instituto Português do Mar e da Atmosfera e a Autoridade Nacional de Protecção Civil já tinham previsto uma semana com “forte corrente de oeste no Atlântico Norte”, com a “passagem frequente de ondulações frontais de forte actividade”, que irão originar “episódios de precipitação, vento e agitação marítimas fortes e queda de neve nas regiões do Norte e Centro do continente”.

Comentários (Facebook):

Deixar uma resposta

2 comments

  1. Quando Hércules chegou em Jan a Portugal, deixou parte da costa atlântica destruída precisamente pelas inundações , ventos fortes, derrubando árvores, casas, e a erosão do areal e das falésias. Só esperamos que esta nova onda de temporal não nos traga outra vez mais destruição. Vivo em Cascais e esta semana toda a nossa costa está a sofrer com as fortes ondulações principalmente nos picos da maré cheia. Obrigada.

  2. falcini

    Agora a soluçao é nao perder a esperança e a fe em Deus

Patrocinadores

css.php