Substâncias químicas em alimentos embalados podem causar cancro

Substâncias químicas em alimentos embalados podem causar cancro

Um novo estudo de uma publicação britânica revela que produtos sintéticos usados no processamento, embalagem e armazenamento dos alimentos poderão causar danos a longo prazo à saúde dos consumidores, informa o The Guardian.

A preocupação foi suscitada na Revista de Epidemiologia e Saúde Pública do Reino Unido, onde se alega que pequenas quantidades de produtos químicas estão a contaminar os alimentos.

Embora estas pequenas quantidades não tenham efeitos negativos imediatos, ninguém sabe ao certo o quão segura é uma vida exposta a este tipo de substâncias ao ingerirmos alimentos embalados ou armazenados em plásticos.

Os autores do estudo afirmam que algumas das substâncias químicas que podem causar preocupação são amplamente utilizadas no armazenamento de alimentos, referindo que as pessoas ao comerem estes alimentos serão expostas a estas substâncias químicas ao longo das suas vidas.

Muito pouco ainda se sabe sobre o efeito a longo prazo sobre a exposição a tais produtos químicos em pontos críticos do desenvolvimento de uma pessoa, tais como no ventre materno e durante a infância, mas os cientistas dizem que há motivo para preocupação devido às substâncias químicas, tais como formaldeído, serem tóxicas e poderem provocar cancro.

O formaldeído está amplamente presente, ainda que em níveis baixos, em garrafas de plástico de bebidas gaseificadas e em louças de melamina.

Ao todo, mais de 400 substâncias químicas podem ser encontradas em alimentos embalados.

Comentários (Facebook):

Deixar uma resposta

1 comment

  1. rui santos

    nada do que ja nao se saiba,quando os alimentos sao um coquetel de quimicos o que e que estao a espera.leiam as etiquetas.

Patrocinadores

css.php