Vairão é o primeiro peixe a deixar a lista de espécies ameaçadas

Vairão é o primeiro peixe a deixar a lista de espécies ameaçadas

O vairão, pequena espécie de peixe (Oregonichthys crameri) que vive apenas no estado de Oregon, nos Estados Unidos, foi a primeira a abandonar a lista de espécies ameaçadas dos Estados Unidos – a Endangered Species Act, que para além de ser uma lista dos animais ameaçados de extinção que habitam o território, consiste numa série de leis ambientais, promulgadas por Nixon em 1973.

O pequeno peixe foi retirado da lista porque as autoridades de conservação consideram que a espécie já não corre perigo de extinção. A espécie, que habita principalmente o Rio Williamette, no oeste do Oregon, foi adicionada à lista em 1993. Na altura, existiam pouco mais de mil exemplares da espécie, que foi dizimada pela caça intensiva.

Actualmente, o número destes animais ascende a 150 mil e podem ser encontrados em 80 localizações ao longo do vale do rio. Apesar de já não estar em perigo de extinção, as autoridades norte-americanas vão continuar a vigiar a espécie durante os próximos nove anos, para se assegurarem que as populações deste pequeno peixe continuam a crescer.

Ao contrário do salmão do pacífico, esta espécie de peixe do Oregon foi relativamente mais fácil de salvar porque habita em locais mais restritos, que não interferem com as actividades económicas de indústrias como a madeireira, energética e agrícola, refere o Huffington Post.

O plano de recuperação da espécie focou-se no estabelecimento de parcerias com os proprietários locais para restaurar pontos-chave no habitat deste peixe, reproduzir a espécie em viveiro e depois transportá-la para o habitat natural e alterar a quantidade de água libertada pelas barragens que interferem com o caudal do rio em questão.

O Oregonichthys crameri junta-se assim à águia-de-cabeça-branca – o símbolo nacional dos Estados Unidos -, ao lobo cinzento e ao jacaré americano, entre outras 30 espécies que recuperaram o suficiente para saírem da lista de animais ameaçados.

Foto: USFWS Pacific / Creative Commons

Comentários (Facebook):

Deixar uma resposta

Patrocinadores

css.php