Cão liga para o 112 e salva dono

Terry McGlade é um marine norte-americano que sofre de stress pós-traumático e de ataques de epilepsia desde que foi ferido no Afeganistão. McGlade vive com Major, um Labrador cruzado com pitt bull. Foi graças ao animal de estimação que o soldado sobreviveu ao ataque de epilepsia, que ocorreu no início do mês.

Ao ver o dono a ter um ataque, Major, que foi treinado como cão de resgate, soube exactamente o que fazer: chamou por ajuda. Contudo, não foi a latir ou a ganir que Major chamou por ajuda. O cão ligou para o 911 (o equivalente americano ao 112) através do iPhone do dono.

“Ele conseguiu tirar o telemóvel do meu bolso”, indica McGlade, citado pelo Huffington Post. “Contudo, já não tenho o telemóvel porque ficou cheio de marcas de dentes do Major”.

O animal ligou repetidamente para o 911, ao pressionar com as patas no ecrã do dispositivo por vários segundos, alertando os operadores do número de emergência, que acabaram por ouvir os ataques de McGlade. No total, Major ligou para o 911 dez vezes. “Os atendedores desligaram consecutivamente porque pensavam que eram brincadeiras”, indica o dono de Major.

Quando por fim o 911 enviou uma equipa médica, Major estava à espera dos médicos na frente da casa para os conduzir ao quintal, onde estava McGlade.

Deixar uma resposta

Patrocinadores

css.php