Empresa portuguesa cria solução para poupança energética em casas antigas (com VÍDEO)

A sua casa é fria no Inverno e quente no Verão? Se ela já tem alguns anos ou décadas, isso é normal, mas as recentes inovações na área da construção sustentável já nos permitem alterar esta situação. Empresas como a Master Block, de Alcobaça, têm na reabilitação sustentável dos edifícios o seu core business.

“Uma das nossas grandes preocupações está relacionada com as emissões de CO2. Sabemos que as casas são responsáveis por cerca de 40% da energia gasta. E sabemos que uma casa antiga gasta mais 50% de energia do que uma casa nova”, explicou ao Economia Verde Marta Alberto, da Master Block.

Segundo a responsável, uma das formas mais rápidas e eficazes de apostar na eficiência energética é isolar os edifícios. “Ao isolarmos o edifício, não é só o calor e frio que deixam de fugir do edifício, é o próprio dinheiro”, gracejou a responsável.

A eficiência energética é uma das preocupações da Master Block, que tem criado placas para isolamento térmico exterior e para caixilharia. O sistema pode ser aplicado em construção nova ou antiga. “É como colocar um casaquinho no nosso edifício”, explica Marta Alberto.

Este isolamento tem uma durabilidade mínima de 50 anos, tem um “óptimo comportamento com a água mas, paralelamente, células abertas para deixar a casa respirar”, evitando bolores e humidades.

Segundo a Master Block, esta solução permite um melhor comportamento térmico do edifício, reduzindo a factura energética. Mas a preocupação energética não fica por aqui. “Um dos pontos fracos das casas, muitas vezes, são as janelas e as portas. E existe a necessidade de melhorar termicamente a caixilharia”, explicou Marta Alberto.

A Master Block tenta produzir um novo produto por ano, sempre em parceria com laboratórios. É sinal que a crise nem sempre é a culpada da falta de ideias da economia portuguesa – e que há empresas que continuam a não perder a esperança de dar a volta por cima.

Deixar uma resposta

2 comments

  1. Ofélia

    Sou uma “fã”incondicional da reciclagem, logo de tudo que se relacione com o ambiente,com verde etc,etc,daí o vosso artigo me ter logo solicitado curiosidade. Gostaria, se possível de saber mais pormenores sobre o “projecto” e como funciona ao nível do pais, uma vez que a empresa se encontra sediada em Alcobaça.

    -1

Patrocinadores

css.php