Hong Kong: 1600 pandas de papel-machê reciclado lutam pela conservação (com FOTOS)

Os pandas pela conservação

O artista Paulo Grangeon está a tentar a aumentar a consciência das pessoas para a necessidade de proteger as espécies em risco através de 1600 pandas feitos a partir de papel-machê reciclado. Os 1600 pandas, ou melhor, as esculturas, podem ser vistas em várias localizações de Hong Kong durante o mês de Junho.

O projecto não só tem a bênção do Governo local como vai apadrinhar a iniciativa Conserving Central, com os mesmos propósitos.

Os pandas foram desenvolvidos em 2008, para a WWF (World Wildlife Fund), e já percorreram países como a França, Holanda, Itália, Suíça, Alemanha ou Taiwan. Em Hong Kong, o objectivo será o mesmo que nos outros países: aumentar o espírito pela conservação e desenvolvimento sustentável.

O número escolhido, 1600, não é involuntário. Este é o número de pandas que existiam em 2008. Durante a estadia em Hong Kong, Grangeon já afirmou que irá criar quatro novos pandas, que permanecerão na cidade após a exposição ter terminado – e seguido para outro destino.

Comentários (Facebook):

Deixar uma resposta

Patrocinadores

css.php