Mergulhadora sul-africana destemida nada com tubarões-tigre para promover conservação (com FOTOS)

Arriscar a vida pela conservação

 

Para a maior parte das pessoas, nadar com tubarões pode causar arrepios. Outros fazem a proeza mas com redes de segurança. Mas são muito poucos os que ousam nadar com estes animais sem qualquer tipo de equipamento de protecção.

Lesley Rochat, conhecida como a “guerreira dos tubarões”, é uma destas pessoas destemidas que se atrevem a nadar com estes gigantes dos mares sem protecção. No seu mais recente mergulho, esta sul-africana nadou a poucos centímetros de vários tubarões-tigre, uma das espécies mais mortíferas, apenas envergando um simples biquíni. O objectivo não é provar o quão destemida é, mas sim promover a conservação destes animais.

Noutras ocasiões, esta mergulhadora com mais de 15 anos de experiência já tinha nadado com tubarões dos recifes das Caraíbas e tubarões-limão.

A acção de consciencialização foi feita através de uma sessão fotográfica, onde Lesley Rochat posa com os tubarões, integrada na campanha “Get Hooked on Conservation, Ban Drumlines”. O objectivo é acabar com o abate de tubarões através da utilização de anzóis o Oeste da Austrália e na África do Sul.

“Cerca de 600 tubarões e outras centenas de animais marinhos, incluindo golfinhos e baleias, são apanhados por estes dispositivos bárbaros de pesca todos os anos. O oceano é do domínio dos tubarões e nós somos meros convidados no seu mundo. Não temos o direito, apenas porque alguns de nós são mortos pelos tubarões, de sufocar e balear os tubarões até à morte”, assevera a mergulhadora.

Comentários (Facebook):

Deixar uma resposta

Patrocinadores

css.php