Furão-do-pé-preto: uma das mais épicas histórias de recuperação animal (com FOTOS)

Uma história épica de sobrevivência

O furão-do-pé-preto é um dos animais mais ameaçados do mundo, segundo o Serviço de Vida Selvagem norte-americano. Este mamífero de 60 centímetros desapareceu do seu habitat no último século, vítima de pragas e abate de cães-da-pradaria, a sua principal fonte de alimento.

Mas graças a um programa de reprodução em cativeiro, estes furões estão a volta em força aos seus habitas naturais. “Sim, o furão-do-pé-preto é uma história épica de conservação”, explicou Larry Voyles, director do Departamento de Vida Selvagem do Arizona.

De acordo com um artigo do Tucson Sentinel, a população de furões-do-pé-preto cresceu dos 18 em 1985 para os 800 – 500 na vida selvagem e 300 em cativeiro. Na última quarta-feira, as autoridades do Arizona libertaram mais 25 animais num rancho privado do estado, para formar uma segunda comunidade auto-sustentável.

Todos estes animais encontram-se já vacinados contra as pragas, mas o principal contributo para o futuro destes furões é uma população saudável de cães-da-pradaria. “A única e mais fazível acção para recuperar o furão-do-pé-preto é melhorar a conservação do cão-da-pradaria”, explicou Pete Gober, coordenador deste projecto. Segundo o Tucson Arizona, o rancho onde os furões acabaram de ser libertados tem uma “população muito grande” de cães-da-pradaria. São boas notícias para todos.

Fotos: USFWS Mountain-Prairie / Creative Commons

Comentários (Facebook):

Deixar uma resposta

Patrocinadores

css.php