Inglaterra: entidade que gere rede eléctrica “apanhada” a gastar energia (com FOTOS)

Uma ironia energética

A National Grid, que gere a rede eléctrica inglesa, está no meio de uma polémica naquele país, depois de a sua sede ter sido “apanhada” com todas as luzes acesas durante toda a noite. A notícia foi publicada no Daily Mail, um tabloide, e coloca em contradição o facto de a National Grid ter pedido várias vezes, aos consumidores, para pouparem energia, e a forma como ela própria ignora esta boa prática.

Para levar a ironia da situação à estratosfera, o facto deu-se apenas 24 horas depois de a própria National Grid ter alertado os cidadãos ingleses que existe uma probabilidade muito grande de o país passar por uma crise de falta de energia este Inverno – segundo a entidade, a capacidade de electricidade do País já não era tão pequena desde 2007, devido ao fecho de algumas centrais a carvão.

Situada em Warwickshire, a sede da National Grid ficou iluminada “como uma árvore de Natal”, de acordo com o Daily Mail.

Mas há mais: a National Grid avançou que iria tomar medida extremas durante o Inverno, tendo pedido inclusive às fábricas para desligar algumas máquinas durante os períodos de pico energético.

“É ridículo ver aquele edifício enorme iluminado como uma árvore de Natal”, explicou James Robinson, que trabalha perto. “Quando deixo o meu escritório faço questão de desligar as luzes, mas [os colaboradores da National Grid] deveriam saber isso melhor que eu”.

“É um soco nos dentes para os cidadãos. Primeiro dizem que temos de desligar as nossas luzes, depois deixam as deles ligadas à noite”, concluiu.

De acordo com a National Grid, o edifício tem as luzes ligadas 24 horas por semana, durante os sete dias, devido aos colaboradores que trabalham por turnos. Mas o que se vê nas imagens é um prédio completamente vazio, com luzes ligadas em todas as salas.

Comentários (Facebook):

Deixar uma resposta

Patrocinadores

css.php