China: dinheiro gera energia suficiente para a iluminação pública de cidade média

De resíduo a energia

A cidade de Yancheng, no leste da China, mantém a sua iluminação pública à base da electricidade gerada por toneladas de notas de 100 yuan (€15), que são misturadas com palha e depois incineradas.

Segundo o The People’s Daily, pelo menos 30 toneladas de notas são incineradas todos os meses, sendo que todo este dinheiro pode gerar energia suficiente para alimentar uma casa durante 25 anos.

O total de dinheiro queimado, este ano, já chegou às 1.800 toneladas, num total de €25.000 milhões. O dinheiro é medido por peso e não pelo seu valor. Antes de ser enviado para a incineradora, por outro lado, ele é rasgado e empilhado em pequenas bolas.

A 12 de Novembro, a China lançou uma nova nota de 100 yuan, pelo que todas as notas dos anos anteriores, com outro design, serão enviadas para Yancheng e transformadas em energia. “Cada camião pode levar 30 toneladas de dinheiro, com um valor estimado em €440 milhões. E chegam a Yancheng cinco camiões por mês”, explicou o engenheiro Zhu Hongwei.

Para além de o dinheiro ser transformado em energia, as cinzas restantes são usadas para tijolo, o que garante que não há resíduos provenientes da operação. A cidade de Yancheng tem 700.000 habitantes.

Comentários (Facebook):

Deixar uma resposta

Patrocinadores

css.php