sal_SAPO

Os restaurantes nova-iorquinos começam hoje a avisar os clientes acerca das refeições que têm excesso de sal. Os avisos estão presentes nas próprias ementas, à frente da refeição em causa, com um símbolo de um saleiro dentro de um triângulo preto.

Quando uma refeição tenha mais de 2,300 miligramas de sódio, o máximo diário recomendado, o símbolo aparecerá, de acordo com o The New York Times. Segundo a cidade, cujos responsáveis aprovaram esta medida em Setembro, cerca de 10% das refeições vendidas nos restaurantes nova-iorquinos passarão a ter este símbolo.

De acordo com a lei que agora entrou em vigor, os restaurantes devem também avisar os seus clientes que o excesso de sódio pode aumentar a pressão sanguínea e o risco de doença ou acidente vascular cerebral (AVC).

simbolo

A nova lei entrou hoje em vigor.

A nova lei é a obrigatória apenas para cadeias com 15 ou mais restaurantes em todo o país, para além da restauração em cinemas, estádios. Os incumpridores vão pagar uma multa de €190.

Contactada pelo NYT, a comissária de saúde de Nova Iorque, Mary T. Bassett, disse esperar que outras cidades adoptem medidas similares para combater as doenças cardiovasculares, que são “a principal causa de morte nos Estados Unidos e na nossa cidade”.

Segundo o Politico, a National Restaurant Association prepara uma queixa contra a nova lei. Segundo Christin Fernandez, porta-voz do grupo que representa os restaurantes norte-americanos, as leis “vão longe de mais e rápido para a comunidade de restaurantes de Nova Iorque”.

Comentários (Facebook):

Deixar uma resposta