Baleias que deram à costa britânica foram vandalizadas

Quem vandalizou as baleias?

Uma das carcaças de baleia que deu à costa britânica apareceu vandalizada e pintada com símbolos da Campaing for Nuclear Disarmament (CND), palavras contra o desastre nuclear de Fukushima, no Japão, e a frase “Mans fault” – “A culpa é do Homem”, em português.

Esta é quinta baleia a aparecer morta na costa britânica desde sexta-feira passada, 22 de Janeiro, e teme-se que o fenómeno não fique por aqui.

Ainda assim, um porta-voz da campanha contra o desarmamento nuclear da CND já desmentiu que o grupo estivesse envolvido na pintura das baleias. “Isto não foi feito pelo gabinete nacional da CND. E de certeza que não apoiamos este tipo de acções. Condenamos este género de actos, não é o nosso tipo de campanha”, explicou o porta-voz da central nuclear.

Ao todo, explica o ANDA, são já 17 o número de baleias que morreram no Mar do Norte, neste mês de Janeiro. Ainda não existe nenhuma explicação para a causa das mortes das baleias –cachalotes. A 12 de Janeiro, outras cinco da mesma espécie foram encontradas numa praia na Holanda e acabaram por morrer. Uns dias antes, recorde-se, uma baleia-comum ainda jovem foi parar à praia da Parede, em Cascais, depois de ter andado à deriva no mar.

Segundo a BBC, algumas das baleias já foram autopsiadas. Uma delas explodiu no decorrer da autópsia. Um dos investigadores que examinou as baleias, Rob Deaville, disse ao Telegraph, que o interior das baleias estava em avançado estado de decomposição, o que dificulta a autópsia.

Os cachalotes dos quais se conseguiu analisar o conteúdo do estômago e intestinos revelaram que as baleias já não se alimentavam há algum tempo. No intestino encontraram bílis e o estômago estava vazio. Estes grandes mamíferos costumam alimentar-se de lulas e outros animais que vivem em águas profundas. Em mares mais rasos, como o do Norte, podem-se sentir encurralados e não encontrar a comida necessária.

Deixar uma resposta

Patrocinadores

css.php