Oliveira do Hospital: pousada histórica abandonada vai reabrir como hotel (com FOTOS)

Esta pousada vai renascer

A histórica Pousada de Santa Bárbara, desenhada em 1955 pelo arquitecto Manuel Taínha e classificada como Monumento de Interesse Público (MIP), vai reabrir como Santa Bárbara Panoramic Hotel ainda no primeiro trimestre deste ano, de acordo com o jornal Publituris.

Concluída em 1971, a pousada é considerada um dos projectos arquitecturais mais relevantes do século XX português e encontrava-se abandonado. Recentemente, o imóvel foi comprado pelos empresários Vítor e Susana Caetano, de Seia, que começaram a reabilitação e ampliação do espaço.

De acordo com o Publituris, o Santa Bárbara Panoramic Hotel terá quatro estrelas, 35 quartos – os 16 já existentes e 19 suites – um centro de reuniões, spa e uma piscina hidrodinâmica – água em movimento – área de massagens e sala de relaxamento. Haverá ainda um restaurante panorâmico, bar, pátio para leitura e campo de ténis, num investimento total de €1,5 milhões.

Considerado um dos mais brilhantes edifícios do seu tempo – juntamente com a Casa de Chá de Siza Vieira, em Leça da Palmeira – o imóvel foi classificado como MIP em 2005, dois anos antes de ter sido abandonado.

Implantado num terreno em declive, o edifício joga com a excelente posição panorâmica e orientação solar, apresentando-se todas as dependências principais (salas e quartos de hóspedes) voltadas a sul. Da implantação no declive da encosta resulta uma planta de três pisos.

Manuel Tainha projectou o edifício como elemento de valorização paisagística, de diálogo entre homem e natureza, mas não apenas numa vertente lúdica ou apaziguadora. A forma como o edifício se molda e encaixa na topografia e a preocupação com o emprego de materiais da região  são elementos que concorrem para a valorização de um edifício.

Comentários (Facebook):

Deixar uma resposta

Patrocinadores

css.php