Águas do Ribatejo vai investir €12 milhões para ajudar a despoluir bacia do Almonda

rio almonda_SAPO

O Presidente da Águas do Ribatejo (AR) anunciou um investimento de €12 milhões para obras de saneamento e abastecimento de água no concelho de Torres Novas. Francisco Oliveira referiu que foram aprovadas duas candidaturas, no valor de €11 milhões, com financiamento de 85% do Programa comunitário POSEUR Portugal 2020. As obras de saneamento nos sistemas de saneamento de Chancelaria/Pedrógão e Lapas/Ribeira devem arrancar no Verão para ficar prontas durante o ano de 2017.

Para além destas duas obras, avançou o presidente da Câmara Municipal de Torres Novas, vai avançar ainda a empreitada para o saneamento na Lamarosa e Árgea, no valor de €1,5 milhões. Segundo Pedro Ferreira, os €13 milhões já investidos pela AR no concelho de Torres Novas colocaram o abastimento de água em níveis de qualidade muito perto dos 100%, com os melhores parâmetros dos sete municípios que integram a empresa municipal. Na área do saneamento destacou as obras em Torres Novas, Riachos, Brogueira e Vale da Serra.

“As obras no saneamento deram um contributo significativo para a melhoria do Rio Almonda e de toda esta bacia. Infelizmente há ainda focos de poluição causados por descargas ilegais que não conseguimos evitar, mas há agora uma consciência colectiva de fiscalização e denúncia para acabar com essas situações”, referiu o presidente do Município de Torres Novas.

Recorde-se que a AR e o município torrejano integram os grupos de trabalho criado pelo Governo para combater a poluição nos rios Tejo e Almonda. A empresa anunciou que já interveio junto de várias entidades por estarem em incumprimento em relação aos efluentes que lançavam na rede pública de esgotos sem autorização nem monitorização da AR.

Foto: Rio Almonda por Francisco Antunes / Creative Commons

Comentários (Facebook):

Deixar uma resposta

Patrocinadores

css.php