Arquitecto russo desenha arranha-céus em forma de cobra (com FOTOS)

O edifício-cobra

O arquitecto russo Vasily Klyukin, sediado no Mónaco, desenhou um arranha-céus em forma de cobra, um projecto que, segundo o autor, poderá ser construído numa cidade do Médio Oriente. Isto apesar de, na verdade, ainda não ter sido adjudicado a nenhuma.

O edifício tenta mimetizar o corpo de uma serpente, no topo, a sua cabeça com a boca aberta – Klyukin vai aproveitar esta parte para localizar um restaurante ou clube nocturno com terraço. No corpo estarão vários apartamentos e espaços comerciais.

Denominado Asian Cobra Tower – ou torre asiática da cobra – o edifício pode ser apenas uma estratégia de marketing para o arquitecto nascido em Moscovo se mostrar ao mundo. “No Japão, dizer a alguém que é uma serpente é uma forma de elogio. Na China, as cobras e os dragões têm o mesmo significado”, explicou Klyukin ao Mail Online.

O edifício pode mudar de cor, entre o preto e o dourado – através da sua iluminação. Não há nenhuma informação, porém, sobre se esta é LED ou se existe qualquer outra característica sustentável ou ecológica no edifício.

“Os arranha-céus chamam-nos a atenção e despertam a nossa consciência, inspirando alguns e irritando outros. Estas torres têm mudado a paisagem das cidades em todo o mundo e tornaram-se no reflexo claro do progresso económico e cultural do século XX”, concluiu o arquitecto.

Comentários (Facebook):

Deixar uma resposta

Patrocinadores

css.php