O que (também) se esconde nos nossos Oceanos?

Os oceanos desconhecidos

O caçador de tesouros subaquáticos e fotógrafo Tobias Friedrich agregou e divulgou um conjunto de imagens de restos de navios, aviões e outros meios de transporte que se encontram no fundo do mar na costa de países como Papua Nova Guiné, Malta, Córsega, Egipto, Jordânia e Barbados.

Segundo o profissional alemão, de 35 anos, explorar estes vestígios – para além de perigoso, acrescentamos antecipadamente – é “entusiasmante”. “Mergulhar para um naufrágio é como mergulhar para uma gruta. Não existe forma directa de chegarmos à superfície, por isso temos de ter a certeza de que o nosso equipamento de mergulho está a trabalhar e que temos ar suficiente no nosso depósito antes de entrarmos”, explicou Tobias ao Mail Online.

Friedrich assegura, meticulosamente, a exploração do náufrago na íntegra, utilizando lentes que captam ângulos largos. “Adoro explorar novos náufragos, por isso, numa altura específica da minha vida, decidi mergulhar até à Lagoa Chuuk, na Micronésia, e Atol de Bikini, uma vez +e lá que os melhores vestígios de náufragos do mundo estão”, explicou o responsável.

Fotógrafo subaquático desde 2007, Tobias admite gostar mais de fotografar aviões submersos. “Os aviões não pertencem ao mar e isso torna-os mais especiais”, concluiu.

Comentários (Facebook):

Deixar uma resposta

Patrocinadores

css.php