um espreitar às diferenças culturais

Como será o quarto de um jovem nascido entre 1980 e 1990 nos EUA? E na Rússia? Serão assim tão diferentes? Que pontos terão em comum? Foi na procura para uma resposta a esta pergunta,que o fotógrafo John Thackwray partiu em viagem pelo mundo, recolhendo imagens dos quartos de mais de 1200 millennials, que espelham na perfeição as diferenças culturais de país para país.

O projecto começou em 2010 quando, por brincadeira, John tirou uma fotografia em perspectiva ao quarto do seu colega de casa, em Paris. Por serem de nacionalidades distintas, as diferenças culturais saltavam à vista e John percebeu que tinha em mãos material para um projecto bastante interessante. Desde então o fotógrafo já percorreu meio mundo, em longas viagens pela América, Europa, Ásia e África, sempre procurando a tal resposta.

Com o tempo, o projecto foi avançando e transformou-se quase num estudo antropológico, em formato fotográfico. Nas várias cidades por onde passou, o objectivo era sempre o mesmo: encontrar alguém que lhe permitisse o acesso ao mais íntimo dos espaços e que partilhasse com a máquina fotográfica os detalhes mais mundanos do seu quarto, bem como aqueles enraizados em cada um por motivos culturais.

Com o ritmo alucinante em que vivemos, com o mundo a mudar a cada segundo, estas fotografias serão no futuro, uma boa recordação dos hábitos actuais. “Acho que dentro de vinte anos estas fotografias serão extremamente preciosas”, conta o fotógrafo ao Quartz.

E foi exactamente para permitir que as gerações futuras tenham um registo histórico dos nossos dias, que o fotógrafo resolveu colocar em papel todo o trabalho dos últimos anos, num livro a sair muito brevemente. My Room: retrato de uma geração será assim uma colectânea fotográfica, complementada com as histórias de vida de cada interveniente. E as histórias vão desde a rapariga japonesa que partilha os seus exigentes códigos de vestuário, ao indiano que fala sobre adopção, ao iraniano que explica porque abraçou os valores mais tradicionais do seu país. “Estou a tentar criar uma grande história, pegando nos pequenos detalhes. Cada pessoa tem uma história única.”

Foto: John Thackwray

Comentários (Facebook):

Deixar uma resposta