Pagamos impostos ambientais acima da média europeia

impostos-ambientais

Ainda antes de ser contabilizado o aumento do Imposto sobre Produtos Petrolíferos no início deste ano, Portugal já se encontrava acima da média europeia.

No seu último boletim, o Instituto Nacional de Estatística (INE) revela que no ano passado “o valor dos impostos com relevância ambiental ascendeu a 4,35 mil milhões de euros, representando 7,0% do total das receitas de impostos e contribuições sociais coletado”. Este valor correspondeu a “um aumento de 10,7% face a 2014, o que compara com a variação de 4,4% observada para o total da receita de impostos e contribuições sociais”, refere ainda o INE.

O peso da ‘fiscalidade verde’, que teve como medida mais emblemática o imposto sobre os sacos de plástico lançado o ano passado, também teve expressão através do aumento do Imposto Sobre Produtos Petrolíferos e de uma taxa sobre os recursos hídricos.

Os impostos ambientais passaram a representar, em Portugal, 6,6% da receita fiscal do Estado, um valor acima da média de 6,4% registada na União Europeia.

Foto: Christyam de Lima / Creative Commons

Comentários (Facebook):

Deixar uma resposta

Patrocinadores

css.php