Estes alimentos podem ser altamente prejudiciais para os cães

A alimentação dos nossos cães não é igual à dos humanos, e alguns produtos e alimentos são altamente prejudiciais ao nosso animal de estimação. Aqui fica uma lista de alimentos que deve manter afastados do seu amigo de quatro patas.

Abacate- O abacate contém uma toxina que pode ser venenosa para os animais, como pássaros e cavalos, mas também para os nossos cães. Alguns cães podem sofrer de indigestão se comerem a pele e o conteúdo do abacate, mas o mais perigoso é a semente, uma vez que pode causar obstrução do esófago ou intestinos.

Espinhas e alguns ossos- Embora os nossos cães possam comer frango e peixe, devemos ter muito cuidado com alguns dos ossos e as espinhas dos peixes, uma vez que podem ser muito afiadas e causar obstrução ou rasgar o sistema digestivo.

Comida para gatos- A comida de gato é feita por vitamina A, enquanto a dos cães contém beta caraoteno – os seus corpos tornam-na em vitamina A. A taurina é um aminoácido que os gatos precisam, mas os cães naturalmente produzem. A ração não contém esta substância, o que pode causar doenças do coração aos gatos.

Os níveis de proteína do alimento dos cães são inferiores na comida de gato. Embora existam gatos que vivem com baixos consumos de proteína, aquela comida é a mais adequada para sua saúde.

Finalmente, a densidade calórica e altos níveis de proteína não são bons para o trato gastrointestinal dos nossos cães. Alguns dos sintomas de que o nosso animal possa ter consumido alimentos para gatos são a diarreia, vómitos e pancreatite.

Sal- As grandes quantidades de sal podem prejudiciais para a saúde dos cães e até mesmo causar a morte. De acordo com a National Academy of Sciences e o National Research Council, nos Estados Unidos, os cães saudáveis de 15 kg devem consumir não mais que 100 mg de sódio por dia. Fale com seu veterinário para ajustar a dose de acordo com o peso do seu cão.

Chocolate- Mesmo com pequenas quantidades de chocolate, o nosso cão pode ficar doente. Além de ter alto teor de gorduras, o chocolate contém cafeína e teobromina, dois estimulantes que afectam o sistema nervoso, o músculo cardíaco e a frequência de urinar. O nível de intoxicação depende do tipo de chocolate que o cão consumiu; o chocolate branco é o menos tóxico, enquanto o escuro é o mais perigoso.

Uvas e passas- Evite que seu cão coma uvas ou passas, uma vez que estas podem causar problemas renais, atacar os rins e alterar a urina. Se seu cão consumiu uvas ou passas, os sintomas imediatos são os vómitos e diarreia. Depois poderá apresentar anemia, perda de apetite, dor abdominal e ingestão excessiva de água.

Ovos crus- Os ovos crus contêm avidina que diminui a absorção de biotina (vitamina B). Isso pode causar problemas com a pele e pêlo. Além disso, ovos crus podem conter salmonela que pode ser perigosa para o seu cão.

Cebola e alho- Cebola e alho são fortes o suficiente e causam danos nas células vermelhas do cão. O dano começa a ocorrer após cinco dias de ingestão. Os sintomas incluem anemia e urina escura. Se seu cão tem consumido cebola ou alho você deve visitar o seu veterinário imediatamente. Em alguns casos, é necessária uma transfusão de sangue.

Massa de pão crua- A massa de pão crua contém leveduras vivas que podem ser perigosas para o sistema digestivo do seu animal. O estômago é o ambiente ideal para bactérias para se multiplicarem, causando uma expansão da massa dentro o cão que pode ser tão severa como para reduzir a circulação do sangue nas paredes do estômago. Além disso, a expansão pode comprimir o diafragma, que faz com respiração ofegante.

Foto: via Creative Commons

Deixar uma resposta

Patrocinadores

css.php