São Francisco proíbe a venda de cães e gatos nas lojas de animais da cidade

animais

São boas notícias para os amantes de animais: desde o final da semana passada São Francisco, EUA, avançou com uma lei que proíbe a venda de cães e gatos nas lojas de animais da cidade.

A medida foi aprovada por unanimidade e tem como objectivo incentivar a adopção, e simultaneamente reduzir o imenso número de animais deixados nos abrigos da cidade, perto de 7,6 milhões animais todos os anos, segundo dados da ASPCA.

Para o Conselho de Supervisores de São Francisco a medida agora aprovada vem lutar contra uma indústria pouco humana, que não tem em conta a saúde e bem-estar dos animais. “A maioria dos que gostam de animais ficam horrorizados só de pensar em pôr o seu animal de estimação numa jaula suja, nem que seja por um segundo, quanto mais por uma semana, mês ou anos. No entanto, esse é o destino de muitos animais em operações de criação de larga escala por todo o país, incluindo as mães de muitos cães e gatinhos vendidos em lojas de animais”, defende este organismo.

São Francisco junta-se assim a cidades como Los Angels, Chicago, Filadélfia e Austin que já adoptaram esta medida.

Foto: via Creative Commons

Comentários (Facebook):

Deixar uma resposta

Patrocinadores

css.php