Usar e deitar fora? Nem pensar, no reparar é que está o ganho

reparação

Por ano cada europeu consome em média 16 toneladas de materiais, sendo que mais de 37% acabam por se transformar em resíduos. Isto acontece em grande parte devido ao nosso hábito, enquanto consumidores, de “usar e deitar fora” os produtos que aparentam alguma avaria ou que por algum motivo já não preenchem os requisitos iniciais.

Para reduzir este enorme desperdício de recursos naturais, há alguns cuidados que podemos ter quando equacionamos adquirir um novo produto. E há detalhes que fazem de facto toda a diferença. Deixamos aqui algumas sugestões:

– Verificar se o produto tem um manual de reparação

– Garantir que o produto pode ser desmontado facilmente, para facilitar o processo de reparação, ou se pelo contrário tem partes coladas ou soldadas que necessitam de ferramentas pouco convencionais para a sua desmontagem ou reparação

– No caso de o produto estar equipado com uma bateria é importante verificar antes de adquirir o produto se esta é acessível, se pode ser substituída sem dificuldade e de preferência por nós próprios

São pequenos conselhos fáceis de pôr em prática, mas que no futuro podem significar a poupança de muito dinheiro, ao mesmo tempo que contribuímos para ajudar o ambiente.

O Minuto Verde é uma rubrica produzida pela Quercus e emitida aos dias úteis na RTP.

Foto: via Creative Commons

Comentários (Facebook):

Deixar uma resposta

Patrocinadores

css.php