É difícil imaginar algo tão desagradável como uma sanita que é utilizada para cultivar alimentos. Contudo, é exactamente isto que um arquitecto sueco está implementar nos países em desenvolvimento.

Anders Wilhelmson dá a cara pelo Peepoo, um saco descartável e biodegradável que funciona como sanita e fertilizante natural. A solução pode parecer grosseira, mas os WC improvisados onde as pessoas defecam para sacos de plástico e os atiram para o lixo é um problema grave que afecta as favelas urbanas de países subdesenvolvidos.

As Nações Unidas estimam que cerca de 2,6 mil milhões de pessoas, ou cerca de 40% da população mundial não tem acesso a casas de banho. Condições sanitárias impróprias contaminam a água potável e conduzem a problemas de saúde pública em grande escala, bem como a problemas ambientais.

O Peepoo é semelhante às sanitas descartáveis, mas muito mais ecológico. Depois de utilizar o saco biodegradável é possível selar a embalagem e enterra-la num local próximo. Uma camada de cristais de ureia elimina todos os agentes patogénicos passíveis de causar doenças e transforma a matéria orgânica em fertilizante para os solos. À medida que o saco se vai decompondo liberta detritos purificados para o solo, enriquecendo-o com nutrientes.

Deixar uma resposta