5 rituais do reino animal que só acontecem no Verão

Cinco rituais de Verão

Para maioria de nós, o Verão é a estação do ano mais aguardada. Verão é sinónimo de férias, dias mais longos, festas e lazer. No reino animal, o Verão também é uma estação bastante aguardada e existem vários rituais entre as muitas espécies que apenas aparecem nesta estação. Indicamos-lhe cinco rituais dos animais que apenas acontecem no Verão.

1.Os pinguins-macaroni dirigem-se para terra para uma longa noite de acasalamento

Para os pinguins-macaroni ou pinguins-de-testa-amarela, como também são conhecidos, o início do Verão é sinónimo de acasalamento. Depois de seis meses nas águas gélidas do oceano, durante os quais os pinguins viajam milhares de quilómetros, os animais regressam a terra para se reencontrarem com os seus parceiros e acasalarem.

2.Os lagartos-da-lava fazem uma viajem para as praias

Para um lagarto de sangue frio, como uma espécie de réptil, conhecida como lagarto-da-lava, aquecer demasiado no Verão pode ser sinónimo de morte. Este lagarto, que vive ao longo da costa Chilena, é mais activo nos meses mais quentes do que os cientistas pensavam. Estes animais escapam aos perigos do calor fugindo para as praias, onde a temperatura é mais amena e existe brisa marinha.

3.O urso pardo canadiano come mais formigas

As formigas são dos snacks de verão favoritos dos ursos pardos, já que os pequenos insectos são ricos em gordura e proteínas. Os peritos canadianos reviram as dietas dos ursos e descobriram que os animais comem mais formigas nos meses de Julho e Agosto, como forma se suplemento alimentar a uma dieta vegetal.

4.As raposas do árctico vestem-se de negro

As raposas do árctico, conhecidas pela sua pelagem branca, desenvolvem um manto de pelo negro durante o verão, de forma a misturarem-se melhor com a tundra árctica, que fica a descoberto nesta estação. As raposas do árctico são também uma excepção entre as espécies canídeas, pois são as únicas que fazem esta troca.

5.As rãs retentoras de água dormem longas sestas na lama

As rãs retentoras de água, uma espécie comum na Austrália, tentam escapar à estação seca enterrando-se na lama do solo. Tal como os ursos e outros animais que hibernam no inverno, estas rãs entram numa espécie de hibernação durante o verão. O metabolismo dos animais abranda até que a estação molhada chegue novamente, altura que as rãs imergem da lama para acasalarem.

Deixar uma resposta

Patrocinadores

css.php