A dupla de exploradores urbanos que torna os edifícios ainda mais assombrosos

As exploradoras urbanas mais incomuns

A exploradora urbana Alice van Kempen diz que Claire, a sua bull terrier de três anos, tem “maneiras humanas”. E, ainda que não a conheçamos em carne e osso, não podemos deixar de acreditar na palavra de Alice ao ver as suas fotos.

Nos últimos anos, Alice e Claire percorreram os edifícios abandonados de vários países europeus à procura da fotografia mais surreal. Todas elas apanhavam o essencial do edifício que estava a ser retratado, mas também a modelo Claire numa pose obediente e humana.

“Claire é a minha modelo favorita, a minha musa”, explica Alice num artigo publicado no Bored Panda. “Ela não se vê como cão, tem maneiras humanas. Juntas, temos explorado edifícios abandonados há dois anos. Passámos por prisões, bases militares, minas de carvão, comboios, aviões, mosteiros, igrejas, hospitais, quintas e casas”, garante a fotógrafa.

A presença de Claire nas fotos dão à exploradora urbana Alice van Kempen uma diferenciação para outros fotógrafos de edifícios e ambientes abandonados. Acrescentado-lhes, provavelmente, um pouco mais de mistério e assombro.

Deixar uma resposta

Patrocinadores

css.php